Por que Ostras Azuis?

Na infância tive um sonho lúdico, sonhei que vivia numa cidade no fundo do mar e que o meu ofício era "garimpar" ostras azuis. Estas ostras possuíam, no seu interior , pérolas
de todas as cores, cheias de luz (energia ) , que serviam de alimentação a todos os habitantes da cidade.
Percebo agora o que significam essas OSTRAS, elas são na verdade todas as idéias que encantam e alimentam a alma. Portanto este espaço azulado pertence a todos aqueles que se alimentam de:

Olá!

Ao visitar o nosso espaço deixe seu comentário. A troca de conhecimentos, informações e idéias é, ao meu ver, muito gratificante.
Agradeço a todos.

Visite-nos e cadastre-se:

terça-feira, 5 de junho de 2012

Aos humildes, injustiçados e ignorados


                

" Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." - Jo 15:18
"Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei."- Mateus 11:28

Durante toda a minha vida, desde a infância, fui amiga dos incompreendidos, dos deslocados, dos despojados, dos ignorados, dos desprezados,dos indesejados, dos tímidos e de todos aqueles que não seguem regras hipócritas,  impostas pela sociedade.  Fui uma menina muito tímida e observadora e ao mesmo tempo, muito criativa, amiga e amorosa, mas irascível e intransigente quando necessário, pois nunca aceitei fórmulas prontas ou atitudes de injustiça, seja contra qualquer espécie da natureza, humana ou não. Gosto dos humildes, dos perdidos no tempo e no espaço e dos que mesmo não tendo nada para oferecer de material, possuem no entanto o espírito aberto para o novo e para o belo. Com os considerados “fracos” eu aprendi a ser forte, pois percebi muito cedo a fortaleza dos corações simples, poéticos, românticos, humildes e bondosos. Homenageio hoje todos aqueles que estão sendo injustiçados e continuam acreditando no Amor e na Paz! 
Quando falo de mim, deste meu Ser complexo, não o faço por simples vaidade, mas para mostrar que na senda da vida somos orientados por vários caminhos existenciais e que perdemos com o caminhar, as várias "arestas pontiagudas" que não nos permitem encaixar no quebra cabeça que representa a dignidade do Ser em sua totalidade. Assim, tenho perdido muitas arestas e me encaixado devagarzinho dentro de mim mesma, preenchendo minha própria Alma. Como se perde as "arestas"? Caminhando...e observando. Os grandes Mestres nos orientam neste sentido, o tempo todo. 
Tem uma passagem da bíblia que diz: Orai e Vigiai! -JC, orar significa, para mim, entrar em contato com Deus, Aquele que vive dentro do seu próprio coração e vigiar é estar atento para o que o seu coração lhe aponta.



2 comentários:

  1. Nesta sua auto analise está também um pouco de todos nós e é por isso que nos encontramos sempre a convergir para o mesmo local, temporário/intemporário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim amigo Jacob, um pouco de todos nós. Um abraço!

      Excluir

Ocorreu um erro neste gadget

Mapa de Visitantes

free counters
Ocorreu um erro neste gadget
Loading...

Nosso Lar

Nosso  Lar
Ouça o ÁudioBook

Existe vida após a morte ?

Amazon MP3 Clips

Windows Live Messenger

Atalho do Facebook

Enquete:

Chat Ostras Azuis

Web_Cams_Travel

Ocorreu um erro neste gadget