Por que Ostras Azuis?

Na infância tive um sonho lúdico, sonhei que vivia numa cidade no fundo do mar e que o meu ofício era "garimpar" ostras azuis. Estas ostras possuíam, no seu interior , pérolas
de todas as cores, cheias de luz (energia ) , que serviam de alimentação a todos os habitantes da cidade.
Percebo agora o que significam essas OSTRAS, elas são na verdade todas as idéias que encantam e alimentam a alma. Portanto este espaço azulado pertence a todos aqueles que se alimentam de:

Olá!

Ao visitar o nosso espaço deixe seu comentário. A troca de conhecimentos, informações e idéias é, ao meu ver, muito gratificante.
Agradeço a todos.

Visite-nos e cadastre-se:

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

2º Congresso Internacional de Transcomunicação Instrumental



Veja o vídeo:
http://www.youtube.com/watch?v=SPwiV87YXRI

VISÃO PANORÂMICA DA TCI NO BRASIL HOJE

PALESTRA DE SÔNIA RINALDI

Congresso com participação dos brasileiros Sônia Rinaldi, Sérgio Felipe de Oliveira, Marlene Nobre, dentre outros.

"A Transcomunicação Instrumental, essa admirável proposta dos tempos modernos, leva-nos aos dias missionários de Allan Kardec. À época do Codificador, a transcomunicação estava presente nas primeiras mensagens através da mesa pé-de-galo, ou depois, na pequena cesta de vime, ou de outros fenômenos, pela manifestação das mensagens fixadas em ardósia, sem contato humano.

Mas à criatura humana sempre interessou criar aparelhos para entrar em contato com o Além: Edson, Marconi, foram pioneiros que imaginaram a possibilidade de a máquina gravar as vozes da imortalidade. No Brasil, o sr. Cambraia patenteou um instrumento que poderia realizar essa tarefa. Mas foi mais ou menos no mês de junho de 1956, em Estocolmo, que um homem dedicado a gravar pássaros, Friederich Jürguenson, gravou pela primeira vez uma voz do mais Além.

Eu tive a alta alegria de conhecer a sua secretária em Estocolmo, no ano de 1992, através da nossa tradutora ao sueco. E ela contou-me os detalhes das experiências de Jürguenson. Ele publicaria mais tarde uma síntese no livro "Telefone para o Além". As suas experiências ensejaram ao grande pesquisador Raudive dar prosseguimento. Mas nessa época, já o grande engenheiro Meek tentava nos EUA realizar esse admirável trabalho, utilizando o Spiricom. Através de três gerações suscessivas e tentativas de Spiricom, eles lograram gravar vozes atribuídas inclusive a Charles Richet, o pai da metapsíquica humana. E gravarem em duas mãos: fazendo perguntas e colhendo as respostas.

O processo evoluiu, e segundo os pesquisadores, vieram as comunicações através da eletrônica: dos computadores, da telefonia e também do Vidicom.

Os postulados desses investigadores da Suíça, de Luxemburgo, Paris, os Congressos realizados no Brasil, sob o patrocínio da venerável entidade que alberga os médicos espíritas do país, sob a presidência da dr.ª Marlene Severino lie, divulgam e confirmam a imortalidade da alma, a reencarnação, à conceituação espírita".

(Fonte: Depoimento de Divaldo P. Franco no programa "Espiritismo Via Satélite", dia 02/11/97)

Acesse: http://espiritadoterceiromilenio.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Mapa de Visitantes

free counters
Ocorreu um erro neste gadget
Loading...

Nosso Lar

Nosso  Lar
Ouça o ÁudioBook

Existe vida após a morte ?

Amazon MP3 Clips

Windows Live Messenger

Atalho do Facebook

Enquete:

Chat Ostras Azuis

Web_Cams_Travel

Ocorreu um erro neste gadget